sexta-feira, 31 de maio de 2013

Märchenmond, A Terra das Florestas Sombrias - Wolfgang Hohlbein e Heike Hohlbein

O primeiro de uma série de três livros, “A Terra das Florestas Sombrias” introduz a história do protagonista e do lugar dos próximos dois livros – foi isso que eu entendi – e da uma noção de como as continuações serão.

Kim é um jovem de 12 anos que esta passando por uma situação um tanto “chata”, uma vez que a sua irmãzinha não acorda de um procedimento cirúrgico que aparentemente era simples, não bastando isso ele ainda começa a ter “impressões” de coisas estranhas depois que visita ela, e de uma hora para outra se vê envolvido em uma verdadeira guerra para salvar todo um “mundo” e sua irmã. Parece meio “atropelado”, é eu sei, e é, o livro é um pouco confuso e com pontas soltas, a estória é interessante, mas, essa maciça ausência de informações  faz com que muitas partes do livro pareçam muito mais absurdas do que normalmente são em outros livros do mesmo gênero.

Existe uma boa base para a estória, o problema é que parece que foi escrito com pressa, eu não gosto de resenhar só um volume de uma saga, por que eu posso ser injusta e apontar defeitos que depois são explicados ou resolvidos nos outros livros, mas esse eu achei que deveria, pois apesar dos defeitos foi uma leitura até que agradável e até mesmo para alertar sobre essas "faltas" sem dizer que ele “é um horror e que ele não se compara a saga X ou Y, e blá, blá, blá...”.